Nomeados os Membros do Departamento e Escola de Arbitragem da Liga de Futsal de Guarapuava

segunda-feira, 01/maio/2017
Nomeados os Membros do Departamento e Escola de Arbitragem da Liga de Futsal de Guarapuava

Visando melhorar ainda mais o funcionamento de seu Departamento de Arbitragem, a Liga de Futsal de Guarapuava, através de sua presidência procedeu a nomeação dos membros Diretores, que serão responsáveis pela Escala dos Oficiais de Arbitragem durante a temporada e dos membros da Escola de Arbitragem, que estarão atuando na padronização e esclarecimentos as regrais Oficiais da modalidade.

Acompanhe o Ato da nomeação:

ATO DA PRESIDÊNCIA 02-2017 – DEPARTAMENTO DE ARBITRAGEM

ATO DA PRESIDÊNCIA 02/2017

ASSUNTO    :           NOMEAÇÃO DOS MEMBROS DO DEPARTAMENTO DE ARBITRAGEM E DA ESCOLA DE ARBITRAGEM

O Presidente da Liga Regional de Futebol de Salão de Guarapuava, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com os Estatutos da Entidade e o Regimento Interno dos Oficiais de Arbitragem (Ato da Presidência 01/2012) e novas normas a serem implantadas, R E S O L V E:

 

  • Nomear os membros e divulgar as normas de Funcionamento do Departamento de Arbitragem e da Escola de Arbitragem da LRFSG, com mandato até o dia 31.12.2017:

Diretor Executivo:

– Sr. Sergio Firman

Diretores de Arbitragem:

– Sr. Willian Luiz Pulga (Diretor de Árbitros)

– Sr. José Carlos Panisson (Diretor dos anotadores)

Escola de Arbitragem:

– Sra. Ana Carolina Mazetti Carbonar

– Sr. Roberto Marcos dos Santos

– Sr. Rodrigo Markendorf dos Santos

– Sra. Rosangela Aparecida Pulga de Oliveira

DAS COMPETÊNCIAS:

  1. Diretores de Arbitragem e Diretor Executivo:

I – Designar a equipe de arbitragem para os jogos das competições organizadas pela LFSG ou outras apoiadas e/ou que tenham sido solicitados Oficiais de Arbitragem, nos termos deste Regimento e da legislação desportiva em vigor;

II – Designar, sempre que possível, os Observadores (Assessores) para analisar o desempenho da equipe de arbitragem;

III – Aplicar e controlar, durante cada temporada desportiva, as Normas de Classificação dos Oficiais de Arbitragem, bem como elaborar a respectiva classificação final e a definição das Categorias dos Oficiais de Arbitragem, dentro do Quadro de Arbitragem da LFSG, em conjunto com a Escola de Arbitragem;

IV – Fiscalizar o fiel cumprimento, por parte dos integrantes, do Quadro dos Oficiais de Arbitragem da LFSG, das Normas estabelecidas neste Regimento;

V – Fiscalizar e avaliar a ação dos Observadores e Representantes dos Oficiais de Arbitragem, alterando a composição da Relação de Observadores ao final da temporada, quando for conveniente e necessário;

VI – Dar parecer sobre os assuntos relativos à arbitragem sempre que tal lhe seja solicitado pela Presidência da LFSG, ou a quem for delegada tal função;

VII – Comunicar  a Presidência da LFSG quaisquer situações que constituam infração ao presente Regimento, em especial às relativas aos deveres dos integrantes da Comissão, Oficiais de Arbitragem e Observadores;

VIII – Deferir ou não o Pedido de Inscrição no Quadro de Oficiais de Arbitragem e Observadores da LFSG após análise e parecer sobre a documentação e pré-requisitos exigidos;

IX – Acompanhar a conduta dos integrantes do Quadro de Oficiais de Arbitragem da LFSG, no aspecto técnico, físico, ético e disciplinar;

X – Encaminhar ao Presidente da LFSG para homologação as punições previstas neste Regimento referentes ao descumprimento por parte dos Oficiais de Arbitragem de seus deveres;

XI – Participação de reunião que define a classificação dos Oficiais de Arbitragem dentro do quadro;

2. Escola de Arbitragem:

I – Trabalhar em prol do esclarecimento e padronização das regras Oficiais da modalidade vigentes;

II – Auxiliar a todos os Oficiais de Arbitragem da entidade em esclarecer dúvidas referente as regras Oficiais.

III – Realizar periodicamente reuniões técnicas, testes físicos e aplicação de provas de avaliação para todos os Oficiais

IV – Aplicar e controlar, durante cada temporada desportiva, as Normas de Classificação dos Oficiais de Arbitragem, bem como elaborar a respectiva classificação final e a definição das Categorias dos Oficiais de Arbitragem, dentro do Quadro de Arbitragem da LFSG, em conjunto com os Diretores de Arbitragem e Diretor executivo;

V – Promover, junto aos integrantes do Quadro de Oficiais de Arbitragem da LFSG, a divulgação das Instruções das Regras da Modalidade, Regulamentos e os pareceres técnicos, zelando pela sua aplicação;

VI – Dar parecer sobre os assuntos relativos à arbitragem sempre que tal lhe seja solicitado pela Presidência da LFSG, ou a quem for delegada tal função;

VII – Organizar cursos, reuniões e palestras, visando à capacitação ou a formação dos Oficiais;

VIII – Elaborar e divulgar os critérios de avaliação para os árbitros integrantes do Quadro de Oficiais de Arbitragem da LFSG, para fins de classificação e mudança de categoria;

IX – Acompanhar a conduta dos integrantes do Quadro de Oficiais de Arbitragem da LFSG, no aspecto técnico, físico, ético e disciplinar;

X – Participação de reunião que define a classificação dos Oficiais de Arbitragem dentro do quadro;

XI – Apresentar sugestões para elaboração de relatórios e outras ações diversas

Publique-se e fixe-se em edital.

ORIGINAL ASSINADO

Guarapuava, 29/04/2017.                  Sergio Firman – Presidente da LFSG

 

 

 

 

 



Rua Rio de Janeiro, s/n - Anexo ao Ginásio de Esportes Santa Terezinha | Guarapuava, PR
CFW Agência de Internet