ATO DA PRESIDÊNCIA 06/2016 (JOGO: FUTSAL GUAIRACÁ X INTER ACADEMY – SUB 11)

domingo, 16/outubro/2016
ATO DA PRESIDÊNCIA 06/2016 (JOGO: FUTSAL GUAIRACÁ X INTER ACADEMY – SUB 11)

A Liga de Futsal de Guarapuava, através de sua presidência, aplicou penalidades as equipes pelos fatos ocorridos na partida entre Futsal Guairacá x Inter Academy Base Guarapuava, na categoria Sub 11, realizada no dia 12/10/2016,  interrompida por problemas ocorridos com torcedores de ambas as equipes.

Acompanhe a decisão:

ATO DA PRESIDÊNCIA 06/2016 

ASSUNTO    :           FATOS OCORRIDOS NO JOGO FUTSAL GUAIRACÁ X INTER ACADEMY (Sub 08) 

A Presidência da Liga Regional de Futebol de Salão, em conformidade com os estatutos da entidade e regulamento do “28º Abertão Regional de Futsal”, temporada 2016, considerando os fatos ocorridos na partida número 5847 (dia 12/10/2016), entre Futsal Guairacá x Inter Academy Base Guarapuava, categoria Sub 08 e após análise da súmula e relatórios dos jogos, bem como informações prestadas pelos diretores de ambas as equipes, resolve:

  1. Em conformidade com os Artigos 47, 48 e 49 do regulamento do “28º Abertão Regional de Futsal, temporada 2016”, ficam as equipes penalizadas da seguinte forma: 
  • FUTSAL GUAIRACÁ:

–  Multada em R$ 300,00 (trezentos reais);

– Na reincidência poderá sofrer as seguintes punições, conforme Art. 48 do regulamento:

a) Multada em R$ 500,00 (Quinhentos reais);

b) Escala de um representante da entidade, em todos os seus jogos, com o custo arcado pela equipe independentemente da punição imposta pela Comissão de Ética da Entidade ou Tribunal de Justiça Desportiva.

c) Perda dos pontos da partida em favor do adversário 

  • INTER ACADEMY BASE GUARAPUAVA:

– Advertência;

– Na reincidência  poderá sofrer as seguintes punições, conforme Art. 48 do regulamento:

a) Multada em R$ 300,00 (Trezentos reais)

b) Escala de um representante da entidade, em todos os seus jogos, com o custo arcado pela equipe independentemente da punição imposta pela Comissão de Ética da Entidade ou Tribunal de Justiça Desportiva.

c) Perda dos pontos da partida em favor do adversário

Situação do jogo:

– Determina-se que a partida seja remarcada, tendo sua continuidade a partir da interrupção, sem a presença de torcedores, podendo adentrar ao local do jogo somente equipe de arbitragem, atletas, comissão técnica.

– Ambas as equipes deverão recomeçar a partida com os mesmos atletas que estavam em quadra, no momento da paralização;

– Os atletas que estavam no banco de reservas podem ser alterados.

– A equipe de arbitragem deverá ser a mesma. 

2. Encaminhe-se esta decisão, com todos os documentos da partida para a Comissão de Ética da entidade, para as medidas que entenderem necessárias.

Dê-se ciência, publicando-se no site da entidade e fixando-se em edital.

ORIGINAL ASSINADO

Guarapuava, 14 de outubro de 2016.                      Sergio Firman  –  Presidente da LRFSG



Rua Rio de Janeiro, s/n - Anexo ao Ginásio de Esportes Santa Terezinha | Guarapuava, PR
CFW Agência de Internet